Buscar

Municípios discutem do Marco Legal do Saneamento Básico do Sul da Bahia




Na manhã desta sexta-feira, 16, aconteceu em Itacaré uma reunião de municípios do Litoral Sul para discutir o Marco Legal de Saneamento Básico.


O objetivo do Marco Legal é discutir soluções para os Lixões, além do saneamento e água potável para essas comunidades. E dentre em

breve, essas questões sejam transformadas em projetos ou ações para captação de recursos para os municípios.


O evento foi promovido pelo Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território Litoral Sul - CDS.


O CDS foi criado para discutir soluções de desenvolvimento sustentável para os municípios sul baianos. E um dos temas centrais é a questão dos resíduos sólidos e do Saneamento Básico.


O evento que aconteceu no Restaurante Vila de São José, na praia de São José, teve início às 09h da manhã e foi dirigido por Antonio de Anízio, prefeito de Itacaré e atual presidente do CDS.


Participaram do evento o Secretário Nacional de Saneamento Básico, Pedro Maranhão; de Luigi Longo presidente do Instituto Movimento Cidade Sustentável, o deputado Rosemberg Pinto, além de diversos prefeitos, dentre eles: o prefeito Bêda Almeida, de Ubaitaba, Manassés, prefeito de Maraú, Antonio Valete, Jussari; Jadson Albano, Coaraci, Fernando Brito de Santa Luzia além de diversos representantes das outras cidades. O CDS até o momento é composto por 16 municípios.


O prefeito Bêda destacou a importância da união entre os municípios nessa luta tão antiga que o Saneamento Básico, algo, aparentemente tão simples, mas que ainda é um grande problema em todo o país e que é fundamental para a dignidade humana.


Hoje, no país, 35 milhões de pessoas não têm acesso à água tratada e quase cem milhões não contam com serviços de coleta de esgoto.


(Aleilton Oliveira - Ascom/Ubaitaba)



bannercovid728.jpg
bannercovid728.jpg
LOGOMARCA png.png